segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Novas idéias, reflexões!



Bom dia!

Estamos no meio de dezembro, e eu em meio a umas férias forçadas!! Espero que curtas!!
Agora, estou refletindo, buscando novas concepções, novos pensamentos...novos olhares...Estou respirando paz!!

Quero divulgar o trabalho, na verdade, não chamo de trabalho, mas de momentos...do meu marido...um grande fotógrafo ( que ele insiste em dizer que não) Anderson!!

São fotos que inspiram essa paz que estou sentindo...de uma beleza incrível!!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Brincar

Muitos pais e mãe de primeira viagem ficam perdidos sem saber o que é ou não esperado para cada fase de desenvolvimento de seu filho!!! Isso aparece também na escolha dos brinquedos para cada fase!!

Muitos se deixam levar pelo que está na moda, pelo o que gostava quando era criança e esquecem de pensar realmente na criança que vai ganhar o brinquedo.

Segue algumas dicas de brinquedos que com certeza ajudaram no desenvolvimento das crianças:

0 a 5 meses: Chocalhos, brinquedos musicais, mordedores, móbiles, livrinhos de pano ou plástico ( hora do banho), bolas com texturas diferentes.

6 meses a 1 ano: Brinquedos flutuantes,caixas ou brinquedos que se encaixam uns dentro dos outros, argolas empilháveis, brinquedos para martelar, empilhar e desmontar, telefone de brinquedo, espelhos, brinquedos que emitem sons por meio de botões de apertar, girar ou empurrar.

1 a 2 anos: Brinquedos de variadas texturas (estimulam os sentidos da visão, da audição e do tato), bonecas de tecido e bichos de pelúcia feitos de materiais atóxicos, brinquedos de empurrar ou puxar, brinquedos de montar e desmontar.

2 a 3 anos: Bolas, muitos blocos de brinquedos para empilhá-los e colocá-los dentro de caixas, brinquedos de encaixar e desmontar, brinquedos musicais, carrinhos, bonecas, cavalinho de balanço. Já deve-se ensinar a criança a guardar e organizar seus brinquedos.

3 a 4 anos: Triciclo, carrinho grande de puxar, aviões, trenzinhos, brinquedos infláveis, bolhas de sabão, caixas de areia com pás e cubos, cabaninhas, casas de bonecas, ferramentas de brinquedos, massinha de modelar, lápis de cor e papel para desenhar (círculos, bonecos, enumerar os elementos de uma ilustração, colorir), livros com diferentes ilustrações e histórias alegres.

4 a 6 anos: Dinheirinho de brinquedo, caixa registradora, casas de boneca com móveis, telefone, cidadezinhas, circos, fazendas com animais, materiais de papelaria, postos de gasolina, meios de transporte. Deve-se estimular a fantasia da criança, sua criatividade. Nesta idade, a criança começa a sentir o que chamamos de medos infantis, como o medo do escuro, o bicho papão e outras coisas feias que impedem que a criança durma, desta forma recomenda-se um ursinho ou boneca que a ajude a superar essa fase sem grandes problemas.

Acima de 6 anos: Jogos de tabuleiro, bolinhas de gude, pipas, carros de corrida, trens elétricos, argila para modelar, pincel, brinquedos de mágica, artigos esportivos, bicicletas, patins, skate, jogos eletrônicos, de memória, videogames, patinetes, futebol de botão, laptops, brinquedos colecionáveis, brinquedos eletrônicos, jogos de cartas, kits, pistas de carrinhos, quebra- cabeças.

Além de usar os brinquedos adequados a cada idade, aproveite seu tempo para brincar com a criança...Passe menos tempo na frente da televisão e mais tempo estimulando o seu filho a se desenvolver e se transformar num cidadão do mundo!


A partir de 2010, disponibilizarei o meu consultório para atendimento psicológico para pessoas de baixa-renda. Os atendimentos terão um custo simbólico e serão realizados às segundas-feiras a partir das 15horas. Realizo nesse período também atendimentos psicopedagógicos para crianças com dificuldades de aprendizagem, em especial crianças com dislexia.

Qualquer dúvida, entre em contato: (13)3021-1850 e/ou lucianapetersen@gmail.com